segunda-feira, 20 de agosto de 2018

A derrota do futebol italiano fora da televisão brasileira 36 anos depois

Os comandados do Mister Allegri não estarão na sua TV

Pela primeira vez em 36 anos o campeonato italiano não terá transmissão na televisão brasileira. O torneio, que nos últimos anos foi exibido por FOX Sports e ESPN, agora será visto apenas no canal RAI Italia, disponível em algumas operadoras de TV por assinatura com transmissões em italiano e pelo Serie A Pass, sistema de streaming por assinatura via Web ou aplicativo.

A transmissão pela RAI Italia é apenas em italiano e o sinal disponível no Brasil não é em HD. Testamos durante a primeira rodada o streaming do Serie A Pass, o sistema permite acesso a todos os jogos da Serie A, uma grande vantagem, mas não é a mesma qualidade do que se assistir pela televisão, além do que as narrações são em inglês.

O impasse que causou a ausência do futebol italiano da TV brasileira se deu por conta do alto preço estabelecido pelos direitos de transmissão por sua detentora IMG, cerca de 90 milhões de reais por temporada, quantia que afastou os canais interessados que vivem a crise financeira brasileira.

O problema não é só no Brasil, a exclusividade da Serie A na temporada 2018/19 na RAI e Serie A Pass é em toda América Latina.

As transmissões do campeonato italiano na TV brasileira começaram em 1982 na Rede Globo, ainda na década de 80 esteve na tela da Bandeirantes e a partir de 1994 até 2012 sempre esteve na grade da ESPN e em algumas dessas temporadas na TV aberta Band/RedeTV via Esporte Interativo. Após 2012 por um período foi exclusividade dos canais FOX Sports que posteriormente sublicenciou a atração para a ESPN.

O desaparecimento do italiano da TV brasileira é uma grande derrota não só para os fãs brasileiros mas também para os clubes que deixam de ser exibidos em um importante mercado, principalmente para a Juventus que vivencia um grande momento de sua história com o heptacampeonato italiano e a chegada de Cristiano Ronaldo, o que com certeza criaria uma nova geração de torcedores no nosso país, agora dificultado pela ausência da Serie A nos nossos canais esportivos.

Para nós bianconeri, resta torcer para que a situação seja revertida com brevidade, o que não aparenta que irá acontecer.

*Os direitos de transmissão da Copa da Itália e Supercopa Italiana são negociados em separado pela Lega Serie A, portanto, ainda existe a possibilidade dessas duas competições italianas estarem na grade dos canais brasileiros nessa temporada.

sábado, 18 de agosto de 2018

Uma rápida análise do mercado nota 10 da Juventus

A maior contratação de todos os tempos

A janela de transferências do futebol italiano fechou na última sexta-feira (17) às 20h. Sem dúvidas foi a janela de transferências mais movimentada dos últimos anos na Itália, e não só pelo mercado da Juventus. Inter, Milan e Roma também fizeram contratações importantes que reforçam o interesse pelo Campeonato Italiano, até agora a segunda liga europeia que mais gastou na janela de transferências, atrás apenas da Premier League.

A contratação de Cristiano Ronaldo, atual Bola de Ouro e melhor jogador europeu de todos os tempos, já basta para classificar o trabalho de Giuseppe Marotta com nota 10, ainda que o clube tenha perdido a jovem promessa Mattia Caldara e o artilheiro Gonzalo Higuaín para o Milan.

Em um início de temporada que a Juventus abriu mão de Gianluigi Buffon e Claudio Marchisio, apenas uma grande estrela do porte de Cristiano Ronaldo confortaria os corações partidos da torcida da Velha Senhora, e felizmente ele escolheu a Juve.

As chegadas dos jovens Perin, João Cancelo e Emre Can dão a renovação no elenco na medida que o clube precisa, sem grandes contrastes. 

Por fim, Marotta ainda brindou a torcida bianconera com o retorno de Leonardo Bonucci, que não obteve sucesso na sua temporada no Milan depois de saída conturbada da Juve. Cabe agora ao zagueiro reconquistar a torcida bianconera com as boas atuações de seus tempos de Juventus que lhe levaram a figurar nas listas de melhores zagueiros do mundo, o que acontecerá.

A única ressalva que se faz é que com a rescisão contratual de Marchisio o elenco da Juventus conta apenas com cinco meia-campistas (Pjanic, Matuidi, Khedira, Emre Can e Bentancur), o que é pouco para uma longa temporada, mas que pode ser suprido de início com jogadores da base e ser reforçado na janela de transferência do inverno europeu em janeiro. Allegri pode contornar essa situação facilmente, até porque se espera que ele jogue boa parte da temporada no 4-2-3-1 ou 4-3-3, utilizando apenas dois ou três meias, portanto, se lesões não atrapalharem, os cinco meias devem ser suficientes. Marotta sabe o que fazer.

Abaixo gráfico da Gazzetta dello Sport com as chegadas e saídas da Juve na janela de transferências, no total o clube gastou 234,9 milhões de euros e recebeu 90 milhões em vendas:



segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Os 10 camisas 7 da Juventus antes de Cristiano Ronaldo

Sem dúvidas Cristiano Ronaldo é o maior jogador a vestir a camisa 7 da Juventus. Antes disso, a camisa 7 foi carregada por nomes de peso. Confira a relação de camisas 7 da Juventus desde 1990:


Juan Cuadrado (2016-18)

Simone Zaza (2015-16)   


Simone Pepe (2011-15)

Hasan Salihadmizic (2007-11)

Gianluca Pessotto (1999-06)

Angelo Di Livio (1993-99)

Didier Deschamps (1995-96)

Antonio Conte (1992-94)

Giancarlo Marocchi (1992-94)

Paolo Di Canio (1990-92)

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Limpando o pó

Quem será que foi o maior espanador da Juve?
No próximo mês o Blog Juventus Brasil completa 8 anos.

A ideia surgiu no extinto Orkut, se consolidou na plataforma Blogger e cresceu no Twitter e Facebook, hoje com o trabalho concentrado principalmente no @Juventus_Brasil.

O conteúdo mais elaborado publicado por aqui sempre esteve acessível, mas por razões pessoais a frequência das publicações por algumas vezes foi cessada, como na última que durou mais de um ano.

Estamos voltando, não como nos bons tempos com cobertura diária da Juve por aqui, mas com conteúdo de relevância e qualidade que nossos seguidores conhecem. Para notícias diárias da Juventus não deixe de seguir-nos no Twitter e aproveite do nosso acervo histórico da Velha Senhora nas seções desse blog.

#ForzaJuve

sexta-feira, 17 de março de 2017

Juve enfrenta o Barcelona nas quartas da UCL


Adversário definido para as quartas de final da UEFA Champions League. Juventus e Barcelona repetirão a final europeia de 2015.

Chance de revanche para os comandados de Allegri.

Juve e Barcelona também já se encontraram pela Champions nas quartas de final de 2003, com vitória dos bianconeri.

Os jogos serão disputados em 11 de abril no Juventus Stadium e 19 de abril no Camp Nou.

Todos os confrontos das quartas:

Atletico Madrid v Leicester
Borussia Dortmund v AS Monaco
Bayern Munich v Real Madrid
Juventus v Barcelona